A12

Um sonho de amor, um raio de Misericórdia: Santuário da Divina Misericórdia

Enviar por e-mail

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

-

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

Os caminhos do amor Divino de Jesus pela humanidade são infinitos. Em cada coração, Ele toca de modo diferente, mas a todos impulsiona para que sejam proclamadas as graças que Ele reservou para os homens e mulheres de boa vontade. Assim, foi rezando na Catedral de Londres, em 1997, que padre Francisco Gonçalves se sentiu tocado pela Divina Misericórdia de Jesus. De lá ele trouxe uma estampa da imagem de Cristo Misericordioso, e iluminado por tal devoção buscou conhecer os escritos espirituais de Beata Faustina (santificada no 2000 pelo Papa São João Paulo II), autora da estampa que representa a misericórdia divina sendo derramada em raios de luz pelas mãos de Jesus Cristo.

Santuário da Divina Misericórdia - Barro/CE – Foto: PASCOM

Fotos: PASCOM/Santuário Diocesano da Divina Misericórdia

Amparado por admiração inconteste pela Misericórdia de Jesus, Padre Francisco pede permissão ao bispo do Crato, Dom Fernando Panico para iniciar uma missa votiva dedicada ao amor misericordioso de Cristo. Com a permissão do bispo e apoiado pelo pároco da Matriz de Barro, Padre Eliomar Tavares, nascia a devoção que hoje sustenta o atual Santuário da Divina Misericórdia. E o povo, como sempre, respondeu imediatamente ao apelo espiritual dessa belíssima devoção.

Barro é uma pequena cidade cearense, com cerca de vinte mil habitantes, e nasceu abençoada com a devoção a Santo Antônio. A Matriz, amada pelo povo, hoje é ainda mais procurada pelos devotos. Foi ali, no altar dessa igreja que o povo de Barro recebeu a doce notícia – a Divina Misericórdia era finalmente parte do ritmo espiritual daquela cidade. Foram necessários alguns anos, desde que padre Francisco sonhasse com o fortalecimento da devoção em solo cearense até o momento, no dia 12 de agosto de 2012, quando surpreendendo o povo, Dom Panico anunciava em alto e bom som que “a partir deste instante a Divina Misericórdia se perpetuará neste lugar, nesta Igreja, por que a mesma será dedicada a Divina Misericórdia, e os raios da Misericórdia se irradiará aos horizontes desta comunidade e por toda a Diocese”.

Hoje, no Santuário, estão as relíquias de Santa Faustina, num belíssimo obelisco que fica exposto para a veneração dos fiéis. Desde do dia sete de abril de 2013, Festa da Divina Misericórdia, a Matriz de Santo Antônio do Barro é oficialmente Santuário da Divina Misericórdia, e ao redor desse altar muitos são os corações que tem recebido a marca do amor de Jesus Cristo. Como tantas coisas na vida, o sonho de um coração, inspirado pelo força do Espírito Santo, fez nascer um trabalho pastoral de inestimável valor para o povo de Deus. Mas uma vez os raios da misericórdia atingiram em cheio os corações de quem aprendeu a dedicar-se ao serviço do Senhor!

 

Serviço:

Santuário Diocesano da Divina Misericórdia

Telefone: (88) 3554-1062

Email: www.paroquiasantoantoniobarro.org

Rua Justino Alves Feitosa, Nº 162 Centro

Barro – Ceará.

 

Colaborou: José Washington Fernandes - PASCOM/Santuário Diocesano da Divina Misericórdia

 
 

Assinatura padre Evaldo Souza - Colunista

 

Fonte: Fotos: PASCOM


Comentários (0)



Carregando Comentários
0 caracteres